SOU TODA VOCÊ

No silêncio que se fez no minuto que antecedeu sua chegada,
percebeu-se o mundo parar.
Encantar-se.

Sua presença é real, e agora que você está aqui,
não importarão mais o tempo, o dia ou a hora,
outono ou inverno, na instância do que sou será sempre tempo de florir o verão.

Renovaram-se a fé, a bondade, a inocência.
Meu mundo novo, antes subjetivo em suas particularidades,
abriga agora a ingenuidade dos seus sonhos, a esperança, o amor.
Não sou mais eu, sou você fora de mim.
Na batida do seu coração ouve-se o pulsar do meu. 
Na cadência da sua respiração meu mundo é pacificado.
E o meu mundo, agora aconchega-se em meus braços.

E quando caminho por estas ruas,
assobio e sou música, meus tons tem todas as cores.
Meu canto é colorido, é contente, não cabe em si, não cabe em mim.
Melodias monocromáticas não combinam mais comigo. Meu ritmo transborda.
Sou toda cor, sou toda luz, sou toda você.

                                         Vou amar-te sempre e para sempre.


Shirley Basílio | Nenhum Comentário

0 Comentários:

Postar um comentário