[NOSSO MÊS ROSA]

O mês é rosa, e o é por ser considerado o mês da conscientização sobre o câncer de mama, outubro marca a intensificação dos debates sobre a importância do autocuidado, do conhecimento acerca do próprio corpo, do despertar da consciência. O câncer atinge uma em cada oito mulheres, uma estatística assustadora, por isso a atenção quanto a relevância da detecção precoce do câncer de Mama.

 SHBASILIO_NOSSO-MÊS-ROSA
FONTE: Twitter ACS MEC
O câncer de mama, assim como outras neoplasias malignas é uma doença de origem celular que se caracteriza pela multiplicação incontrolável de células anormais que formam os tumores malignos. Como consequência dessa divisão celular, as células, proporcionalmente a sua proliferação desordenada tornam-se agressivas para o organismo.

Ocorre que estas células malignas ao se dividirem contraem modificações genéticas com capacidade de disseminação para outros órgãos, outros locais do corpo distantes da localização do tumor inicial, dando origem as metástases.

A importância do autoexame contextua-se neste aspecto particular, conhecer e perceber as modificações no próprio corpo. E é esta a função do mês rosa, trazer a luz que tudo começa com você, mulher, pois a detecção precoce é ainda a arma mais poderosa na luta pela vida e contra o câncer de mama. Quanto mais cedo for a obtenção do diagnóstico, melhores serão as chances de sucesso do tratamento.  

Independente dos fatores de risco, todas as mulheres, devem ser conscientizadas e motivadas a adotarem como parte da rotina de cuidados com elas mesmas, a realização do exame clínico e mamografia a partir dos trinta e cinco anos.

SHBASILIO_ NOSSO-MÊS-ROSA
Ainda sobre o autocuidado, quando fizer o autoexame, esteja atenta e observe que a melhor época de realizá-lo é uma semana após a menstruação [7º ao 10º dia]; mulheres que não menstruam mais, devem escolher um dia fixo do mês para fazer o autoexame; procurar o médico tão logo observe alguma anormalidade – “caroço” ou nódulos no seio, vermelhidão ou inchaço na pele, saída espontânea de sangue ou secreção no bico do seio, ferida no bico ou na pele.

É importante ressaltar que embora tenha sido registrado nos últimos anos   um aumento significativo de casos de câncer de mama, números que se destacam principalmente entre as jovens, o índice de sobrevivência das pacientes também subiu. Para que estes números continuem subindo, devemos continuamente nos lembrar que sempre é tempo de nos cuidarmos. 

Vivemos hoje em um mundo acelerado que nos exige muito o tempo todo, também nós nos impomos um ritmo muito intenso, que faz com que nosso corpo vez ou outra peça por socorro, para que a gente pare, tome fôlego. Mas estamos sempre ocupadas demais para ouvi-lo, sem tempo para tirarmos um instante para nós mesmas. A verdade é que esta desculpa da falta de tempo não cabe mais, ou encontramos um meio de arranjar tempo para nos cuidarmos, ou teremos que forçadamente encontrá-lo para combater a doença. 

Shirley Basílio | Nenhum Comentário

0 Comentários:

Postar um comentário